O que é o SiSU?

 

O SiSU (Sistema de Seleção Unificada) é o sistema informatizado do Ministério da Educação, no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).

 

Os candidatos com melhor classificação são selecionados, de acordo com suas notas no exame.

 

É importante lembrar que o SiSU ocorre em duas edições anuais (um no primeiro semestre e outra no segundo semestre). A primeira edição do SiSU ocorre geralmente em janeiro e oferta um número de vagas maior que a do meio do ano.

 

O SiSU 2020/1 preencherá 237.128 vagas em 128 instituições de ensino. Você pode consultar as vagas disponíveis, filtrando por Município, Instituição ou Curso, clicando aqui

 

Quem pode participar do SiSU?

 

Para poder participar no SiSU 2020, você precisa preencher alguns requisitos:

 

  1. Ter feito o Enem em 2019.
  2. Não ser treineiro (aluno que não concluiu o ensino médio em 2019 ou anteriormente).
  3. Não ter zerado a prova de redação.

 

É necessário informar o número de inscrição do Enem 2019 e a senha mais atual cadastrada no Enem.

 

Vale lembrar que a participação no SiSU é gratuita!

 

imagem enem sisu

 

Cronograma do SiSU 2020/1

 

  • Abertura das inscrições: 21 de janeiro
  • Fim das inscrições: 23h59 de 24 de janeiro
  • Resultado da chamada regular: 28 de janeiro
  • Matrícula na chamada regular: 29 de janeiro a 04 de fevereiro
  • Prazo para participar da lista de espera: 29 de janeiro a 04 de fevereiro
  • Convocação dos candidatos em lista de espera (pelas instituições): 07 de fevereiro a 30 de abril

 

 

Entrei no SiSU, e agora, o que é que eu faço?

 

Para se inscrever

 

Na página do SiSU clique em Fazer Inscrição e insira o seu número de inscrição do Enem 2019 e a senha mais atual cadastrada no Enem.

 

Cronograma do SiSU 2020/1  ●	Abertura das inscrições: 21 de janeiro ●	Fim das inscrições: 23h59 de 24 de janeiro ●	Resultado da chamada regular: 28 de janeiro ●	Matrícula na chamada regular: 29 de janeiro a 04 de fevereiro ●	Prazo para participar da lista de espera: 29 de janeiro a 04 de fevereiro ●	Convocação dos candidatos em lista de espera (pelas instituições): 07 de fevereiro a 30 de abril   Entrei no SiSU, e agora, o que é que eu faço?  Para se inscrever Na página do SiSU clique em Fazer Inscrição e insira o seu número de inscrição do Enem 2019 e a senha mais atual cadastrada no Enem.

 

Antes de Começar

 

A primeira coisa a fazer é confirmar os dados para o SiSU entrar em contato com você. Depois da atualização você está pronto para começar sua inscrição. Se precisar, você pode alterar esses dados a qualquer momento, na barra superior.

 

imagem enem sisu

 

Minha inscrição

 

Nesta tela você pode escolher até duas opções de curso. É nesta tela que você vai acompanhar sua inscrição durante todo o processo. Para começar é só clicar em “Fazer inscrição na 1ª opção”.

 

imagem enem sisu

 

Pesquisa de vagas

 

Você pode pesquisar as vagas pelo nome do município, nome da instituição ou nome do curso.

 

imagem enem sisu

 

Conhecendo as vagas

 

No resultado da busca você conhece os cursos pesquisados. Clique no curso para ver mais detalhes e as modalidades disponíveis.

 

imagem enem sisu

 

Modalidade

 

Leia atentamente as modalidades disponíveis para o curso, escolha uma das opções para a qual pretende concorrer e clique em “Escolher esta modalidade” para continuar.

 

Fique atento às informações de como comprovar as ações afirmativas no momento da matrícula, caso seja selecionado.

 

As instituições adotam pesos diferentes para as notas do Enem de 2019? Como o SiSU calcula a nota nesses casos?

 

Algumas instituições participantes do SiSU adotam pesos diferentes para as provas do Enem.

 

Assim, quando o candidato se inscreve para curso que tenha peso diferente, adotado pela instituição, para determinada prova do Enem de 2019, o sistema faz automaticamente o cálculo, de acordo com as especificações da instituição.

 

É então gerada uma nova nota, a ser apresentada ao candidato.

 

É possível que um mesmo candidato tenha notas diferentes para cursos diferentes?

 

Sim. Como as instituições participantes do SiSU podem atribuir pesos diferentes ou bônus nas provas do Enem de 2019 para cada curso, a nota do candidato pode variar de acordo com os parâmetros definidos pela instituição.

 

É possível que um mesmo candidato tenha notas diferentes para o mesmo curso?

 

Sim. As instituições participantes do SiSU podem, eventualmente, adotar um bônus a ser atribuído à nota dos candidatos como forma de política afirmativa.

 

Desse modo, a nota do mesmo candidato irá variar caso ele opte pela modalidade de ampla concorrência ou pela modalidade de ação afirmativa, com bônus.

 

#FICAADICA!

 

Você poderá escolher duas opções de curso, de diferentes maneiras:

 

  1. cursos diferentes na mesma instituição;
  2. o mesmo curso em instituições diferentes ou até na mesma instituição (nesse caso, em turnos ou campi – locais onde ocorrem os cursos – diferentes);
  3. cursos diferentes em instituições diferentes.

 

Escolha sua primeira opção com cuidado! Se o aluno for aprovado nessa opção, não concorrerá ao curso escolhido na segunda opção e perderá o direito de participar da lista de espera.

 

Caso sua nota seja insuficiente para a primeira opção, você concorrerá a segunda opção (lembre que a primeira e a segunda opção podem ter notas bem diferentes, em função dos pesos e/ou bônus).

 

Se o aluno for aprovado nesta opção, ele também perderá o direito de participar da lista de espera.

 

PRESTE ATENÇÃO SE O CURSO/INSTITUIÇÃO ESCOLHIDOS APRESENTAM BÔNUS OU PESOS, ISSO MODIFICA BASTANTE A SUA NOTA FINAL.

 

VERIFIQUE TAMBÉM A QUANTIDADE DE VAGAS RESERVADAS PARA AS DIVERSAS MODALIDADES (AMPLA CONCORRÊNCIA E POLÍTICAS AFIRMATIVAS). DIFERENTES INSTITUIÇÕES OBEDECEM DIFERENTES CRITÉRIOS.

 

Se você não for aprovado em nenhuma das duas opções de curso, não se desespere! Você poderá participar da lista de espera para a primeira ou segunda opção.

 

imagem enem sisu

 

Confirmação

 

Confira os dados do curso e modalidade de vaga que você escolheu, a documentação que será exigida pela instituição na matrícula e clique em “Confirmar minha inscrição”.

 

imagem enem sisu

 

Inscrição concluída!

 

Classificação parcial

 

imagem enem sisu

 

Aqui, você acompanha as notas de corte dos cursos e a sua classificação parcial durante o período de inscrição.

 

Nota de Corte

 

Como é calculada a nota de corte de cada curso que o SiSU informa como referência?

 

Durante o período de inscrição, uma vez por dia, o SiSU calcula a nota de corte (menor nota para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados) para cada curso com base no número de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso, por modalidade de concorrência.

 

Atenção: a nota de corte é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento de sua inscrição, não sendo garantia de seleção para a vaga ofertada. O sistema não faz o cálculo em tempo real e a nota de corte é modificada de acordo com a nota dos inscritos. A nota de corte só será informada pelo sistema a partir do segundo dia de inscrição.

 

O que é a classificação parcial?

 

Durante o período de inscrição no SiSU, o candidato pode consultar, em seu boletim, a sua classificação parcial na opção de curso escolhido. A classificação parcial é calculada a partir das notas dos candidatos inscritos na mesma opção.

 

Portanto, é apenas uma referência e pode ser observada pelo estudante durante o período em que o sistema estiver aberto para as inscrições. Ao final do período de inscrição, é divulgada a lista de selecionados. No boletim de acompanhamento, o candidato pode consultar sua classificação e o resultado final.

 

#FICAADICA!

 

No SiSU 2019 a nota de corte era atualizada em cinco horários diferentes ao longo do dia (0h, 7h, 12h, 17h30 e 20h) desde o primeiro dia da abertura das inscrições.

 

Porém, devido à prorrogação do SiSU ano passado, devido a problemas de estabilidade do sistema, voltou ao sistema anterior nos últimos dias, sendo atualizado apenas uma vez ao dia, às 0h.

 

Ainda não temos informação de como funcionará a atualização do SISU 2020.

 

No primeiro dia, é interessante que se coloquem nas duas opções os cursos e/ou instituições de maior preferência (relaxe, você pode mudar isso nos dias seguintes, quantas vezes quiser, o que valerá é a última opção escolhida).

 

Depois de divulgada a primeira nota de corte, você poderá navegar por outras opções de cursos e/ou instituições, para comparar sua nota em relação às demais notas de corte.

 

Lembre-se que apenas a última escolha de curso, no último dia é que será definitiva e não pode ser modificada (depois das 23h59 do dia 24 de janeiro).

 

Você também pode comparar as notas de corte com a de anos anteriores, analisando se estão em tendência de queda ou crescimento.

 

Você pode verificar essas notas de cortes de diversas instituições, relativas ao ano de 2019, clicando aqui.

 

Saiu o resultado do SiSU. O que eu faço?

 

Se você aprovado na primeira ou segunda opção, o SiSU acabou para você. Verifique no seu resultado o site da instituição para conhecer prazos e documentação necessária para a pré-matrícula/matrícula.

 

Se você não foi aprovado em nenhuma das 2 opções, calma! Você poderá escolher participar da lista de espera em uma das suas 2 opções.

 

Lista de espera

 

Quem pode manifestar interesse em participar da Lista de Espera do SiSU?

 

Apenas o candidato não selecionado na chamada regular em nenhuma das suas duas opções de curso. O candidato apto poderá manifestar interesse para a primeira ou segunda opção de curso escolhida em sua inscrição no SiSU.

 

Como fazer para participar da Lista de espera do SiSU?

 

O candidato deve acessar o sistema durante o período especificado no cronograma (entre 29 de janeiro e 04 de fevereiro, para o SiSU 2020/1) e, em seu boletim, clicar no botão que corresponde à confirmação de interesse em participar da lista de espera do SiSU.

 

Atenção: Certifique-se de que sua manifestação foi realizada.

 

Ao finalizar a manifestação o sistema emitirá uma mensagem de confirmação.

 

Como é possível acompanhar a convocação da lista de espera do SiSU?

 

Na lista de espera, a convocação dos candidatos para a matrícula cabe às próprias instituições de ensino. Assim, é importante que os candidatos acompanhem as convocações da lista de espera junto à instituição na qual tenha manifestado interesse.

 

Após confirmar sua inscrição, você voltará para a tela “Minha inscrição” e poderá conferir as informações da opção escolhida. Você pode alterar suas opções durante o período de inscrições.

 

#FICAADICA!

 

Analise a distância (em pontos) para o último classificado do seu curso, bem como a quantidade de candidatos que separa você dele.

 

É interessante também analisar o total de vagas da modalidade escolhida, por exemplo, um curso com 10 vagas na sua modalidade provavelmente chamará menos participantes da lista de espera que um curso de 50 vagas (apesar que isso não é uma ciência exata, pois há cursos em que a desistência dos aprovados é maior que outros).

 

Outros aspectos a se considerar são interessantes: cursos noturnos (que geralmente apresentam notas de corte mais baixas) costumam chamar menos excedentes que os cursos diurnos; cursos das áreas de exatas e humanas costumam chamar mais alunos que cursos da área de saúde.

 

Você pode tentar verificar no site da instituição na área reservada ao SiSU o total de convocações e convocados nas listas de espera, bem como as notas destes participantes. Em alguns casos, você ficara bem surpreso!

 

Resumindo…

 

imagem enem sisu

 

Não esqueça!

 

Ainda assim, você terá outra oportunidade no SiSU do meio do ano. Algumas instituições reservam vagas para o segundo semestre nessa edição do SiSU que ocorre no meio do ano.

 

É bem verdade que o número de vagas ofertadas e instituições é menor que o primeiro SiSU, mas as notas de corte também são, em geral, menores.

 

Existe ainda a possibilidade de usar o resultado do Enem para outras formas de ingresso como: 

 

  1. Ingressar em uma universidade particular, substituindo o processo seletivo
  2. Participar do processo de bolsas parciais ou totais através do ProUni
  3. Participar do processo de financiamento (total ou parcial) das mensalidades de instituições privadas através do Fies
  4. Participar de processos seletivos de instituições públicas que utilizam a nota do Enem como parte da nota ou como primeira fase (exemplo: Unifesp…)
  5. Conseguir descontos ou bolsas em instituições privadas na matrícula e nas mensalidades do curso (Exemplo: Maioria das instituições aceitam essa modalidade)
  6. Participar de processos seletivos de instituições públicas que não estão no SiSU (Exemplo UFS de Lagarto)
  7. Ingressar em instituições do exterior (exemplos: Algarve, Lisboa, Porto, Bristol, …)

 

Verifique seu interesse e a possibilidade de aproveitar alguma(s) dessas oportunidades!

 

BOA SORTE E BOAS ESCOLHAS!

 

Comentários