Os patrimônios culturais são considerados heranças deixadas pela humanidade, para todos os cidadãos!

 

Esse é uma assunto que envolve tanto as áreas de humanas, como história e geografia, quanto as de ciências da natureza, como física, química e biologia.

 

Enquanto as de humana buscam o reconhecimento histórico destes patrimônios, as de ciências da natureza se responsabilizam pela sua conservação!

 

Em história, é um dos assuntos que mais caem no Enem, por isso vamos falar um pouquinho sobre o assunto!

 

Vem aprender com a gente!

cupom desconto vimdoblog

O que é Patrimônio Cultural?

o que é patrimônio cultural

Como já foi falado, são heranças da humanidade, normalmente trata-se de prédios, monumentos, entre outros.

 

No entanto, manifestações culturais, como alimentos, danças, entre outros, também são considerados patrimônios culturais.

 

A palavra patrimônio vem do latim pater, que significa pai, fazendo referência às heranças deixadas para os filhos.

 

Foi apenas após a Revolução Francesa que o termo patrimônio cultural foi designado a ser uma herança dos povos para suas futuras gerações!

 

Para você ter uma ideia exata sobre o que é patrimônio cultural, faz-se importante entender que existem duas classificações, sendo:

 

Patrimônio Material: Refere-se ao conjunto de bens, móveis e imóveis de uma nação ou região específica. Sua preservação é realizada pelo seu valor histórico, etnográfico ou artístico.

 

Além disso, costumam preservar a memória cultural e histórica de uma nação ou região, por exemplo, as igrejas barrocas de Minas Gerais. 

 

Patrimônio Imaterial: Refere-se às técnicas, às representações, às práticas e demais conhecimentos que possuem uma representação sobre as expressões culturais de uma região.

 

Por exemplo, o bolo de rolo é considerado patrimônio cultural imaterial do Estado de Pernambuco.

 

Como se desenvolveu a política patrimonial

como desenvolveu política patrimonial

Política Patrimonial são legislações que buscam tanto preservar os bens materiais já existentes quanto definir novos patrimônios culturais. 

 

Além disso, elas buscam gerir os lugares de memória e possíveis danos aos patrimônios, como é o caso do Brasil com o decreto-lei número 25, de 30 de novembro de 1937.

 

Por exemplo, contra os danos de patrimoniais, o art. 17 deste decreto prevê:

 

“As coisas tombadas não poderão, em caso nenhum, ser destruídas, demolidas ou mutiladas, nem, sem prévia autorização especial do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, ser reparadas, pintadas ou restauradas, sob pena de multa de cinquenta por cento do dano causado.”

 

Vale ressaltar que a política de preservação patrimonial foi formalizado durante o primeiro governo de Getúlio Vargas, através da criação do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Sphan), no ano de 1937.

 

O órgão teve como característica a urgência em restaurar e tombar bens artísticos e arquitetônicos coloniais, considerados como testemunhas simbólicas das raízes do povo brasileiro.

 

Além disso, definiu-se uma nova perspectiva ao urbanismo, na busca de desenvolver novas paisagens, que se tornaram um instrumento de propaganda para alimentar o sentimento de unidade no Brasil. 

 

Entretanto, durante a ditadura militar, ocorreram diversas alterações no órgão responsável, o qual, neste momento, já havia trocado de nome, para Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

 

Em vez de pregar um tratamento nacionalista no desenvolvimento de um país moderno na era Vargas, a ditadura passou a designar que as edificações históricas assumiriam um papel de alicerces na superação do atraso econômico e social.

 

Até os dias atuais, seguem-se as mudanças sobre essas políticas, levando em consideração que o conhecimento e alterações legislativas caminham junto à mudança de governos e épocas. 

 

Principais Orgãos

principais órgãos

No Brasil, o IPHAN continua sendo o órgão responsável pela gestão dos patrimônios culturais, sendo vinculada ao Ministério da Cultura.

 

Já no Mundo, considera-se a Organização das Nações Unidas para a Cultura, Ciência e Educação (UNESCO) o órgão responsável por definir regras e proteger o patrimônio histórico e cultural da humanidade.

 

A UNESCO, ao longo dos anos, tombou diversos patrimônios culturais pelo mundo, conheça alguns a seguir:

 

Principais patrimônios culturais do Brasil

principais patrimônios culturais

  • Centro Histórico de Ouro Preto – MG
  • Centro Histórica de Olinda – PE
  • Ruínas de São Miguel das Missões – RS
  • Centro Histórico de Salvador – BA
  • Santuário de Bom Jesus de Matosinhos – Congonhas do Campo MG
  • Brasília- DF
  • Parque Nacional Serra da Capivara -PI
  • Centro Histórico São Luís- MA
  • Centro Histórico de Diamantina – MG
  • Centro Histórico de Goiás – GO
  • Praça de São Francisco – São Cristóvão/SE
  • Paisagens Cariocas – RJ
  • Pampulha – Belo Horizonte/MG
  • Cais do Valongo- RJ

Principais Patrimônios Culturais do Mundo

principais patrimônios culturais mundo

  • Taj Mahal – Índia
  • Barreira de Corais – Austrália
  • Grand Canyon – EUA
  • Ilha de Páscoa – Chile
  • Petra – Jordânia
  • São Petersburgo – Rússia
  • Machu Picchu – Peru
  • Cataratas do Iguaçu – Brasil/ Argentina
  • Havana – Cuba
  • Pirâmides de Gizé – Egito

Mapa Mental sobre Patrimônio Cultural

mapa mental patrimônio cultural

 

Bora de exercício para aprender mais um pouquinho e já estudar para o Enem! Gabarito lá no final! 😉

 

1 – A Constituição brasileira estabelece que o poder público deve promover e proteger a cultura nacional através daquilo que se convencionou designar como “patrimônio cultural brasileiro”.  

Esse “patrimônio” é formado por bens materiais e bens imateriais que configuram uma identidade à ação e à memória dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira. 

O órgão responsável pelo tombamento das culturas é o IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional) que reconhece, atualmente, 15 patrimônios imateriais, dentre eles:

(A) samba, capoeira e o acarajé.

(B) frevo, Ouro Preto e a música caipira.

(C) viola artesanal, cinema nacional e o samba.

(D) Brasília, Pantanal mato-grossense e Amazônia.

(E) judô, cancioneiro popular e a festa do Círio de Nazaré.

 

T SHIRT EXPLICAE

É isso, pessoal! Espero que este conteúdo tenha ajudado a iniciar os estudos sobre patrimônio cultural para o Enem!

 

Não deixe de conferir também os assuntos que mais caem em história. Abre o link e se jogaaaa!!!

 

Ah, e que tal estudar com a gente? Utilize o cupom VIMDOBLOG e ganhe um desconto especial na assinatura! 😉

 

Espero vocês na próxima!

 

GABARITO: A

Comentários