O que são citoplasma, organelas, células eucariontes e procariontes?

Citoplasma é a região interna da célula delimitada pela membrana plasmática, confira as diferenças entre células eucariontes e procariontes. Confira tudo sobre elas nesse blog.

Só aluno Explicaê Premium tem acesso as provas e gabaritos de vestibulares de todo o Brasil por menos de R$1,35 por dia.

Quero ser aluno premium

Hoje vamos falar sobre citoplasma, assunto importante que sempre cai em Biologia na prova do Enem.

 

Para já facilitar sua vida, entenda que uma célula é formada por membrana, citoplasma e núcleo. 

 

Além disso, na região onde o citoplasma se encontra, também temos as organelas e uma substância fluida, chamada citosol.

 

Vale ressaltar que existem diferenças entre as células procariontes e as células eucariontes, entre elas, o fato de as procariontes não possuírem núcleo.

Só aluno Explicaê Premium tem correções ilimitadas das suas redações por menos de R$1,35 por dia.

Quero ser aluno premium

Dito isso, pegue o caderno e venha comigo aprender mais um pokin! 😉

 

O que é citoplasma?

o que é citoplasma

 

Citoplasma nada mais é do que o nome de toda a região interna da célula delimitada pela membrana plasmática. Seu nome vem do grego Kytos, que significa célula e plasma, líquido.

 

O citoplasma, na célula eucarionte, também é responsável pela sustentação esquelética celular, possuindo uma estrutura de microfilamentos e tubos proteicos, conhecido como citoesqueleto.

 

Além disso, tem como uma de suas funções armazenar substâncias químicas importantes para a sustentação da vida, tanto que uma parte significativa da produção de enzimas e atividades metabólicas acontece no citoplasma.

 

Vale ressaltar que a composição do citosol é de 80% água e moléculas orgânicas – principalmente macromoléculas de proteínas e enzimas. 

 

Apesar da diversidade, algumas células compartilham ao menos três características em comum:

 

  • São dotadas de membrana plasmática;

 

  • Contêm citoplasma com citosol, organelas e substâncias essenciais à vida;

 

  • Possuem material genético (DNA e RNA).

 

Citoplasma nas células procariontes

Citoplasma células procariontes

 

Já nas células procariontes, o citoplasma contém citosol, porém sofre a ausência do núcleo.

 

Assim, nas células procariontes, o citosol tem como finalidade produzir proteínas e, entre seus componentes, encontramos ribossomos (síntese de proteínas), moléculas de DNA (nucleoide) e granulações ligadas ao RNA.

 

Além disso, o material genético fica espalhado pela célula, sem a proteção de uma carioteca. Como exemplo, podemos encontrar células procariotas em bactérias e cianobactérias (Reino Monera).

Só aluno Explicaê Premium tem acesso ao conteúdo completo e ilimitado por menos de R$1,35 por dia.

Quero ser aluno premium

Citoplasma nas células eucariontes

Citoplasma nas células eucariontes

 

Nas células eucariotas, o citoplasma fica localizado entre a membrana plasmática e o núcleo da célula. É neste local que ficam as organelas, entre elas as mitocôndrias, os lisossomos, o complexo golgiense e o retículo endoplasmático.

 

Entre essas organelas, também se localizam o citosol, onde diversas moléculas se dissolvem, entre elas carboidratos, aminoácidos, lipídios, entre outras.

 

Ademais, as células eucariontes podem ser encontradas em protozoários e algas (Reino Protista), Fungos (Reino Fungi), vegetais (Reino Vegetal) e animais (Reino Animal), e seu material genético é envolvido pela carioteca, por possuírem um núcleo organizado.

 

As principais organelas do citoplasma nas células eucariontes:

 

 As organelas funcionam como se fossem os órgãos de uma célula, por isso elas são responsáveis pela respiração, pela nutrição, pela secreção, entre outros fatores, da célula.

 

Entre as principais, temos:

  • Lisossomos: São as organelas ligadas à digestão intracelular.
  • Mitocôndrias: Organelas responsáveis pela respiração celular.
  • Cloroplastos: Realizam a fotossíntese, presentes apenas na célula vegetal.
  • Complexo Golgiense: Organelas responsáveis pela secreção celular.
  • Vacúolo central ou de suco celular: São as responsáveis pelo controle osmótico.
  • Retículo endoplasmático liso: Organelas ligadas à síntese de lipídios e à desintoxicação.
  • Retículo endoplasmático grosso: Responsável pela produção de proteínas.

O que é citoesqueleto?

o que é citoesqueleto

 

O citoesqueleto é um amontoado de fibras e túbulos proteicos que existem dentro do citoplasma das células eucariontes.

 

Para você entender melhor, é ele que define a forma e organiza a estrutura interna da célula. Além disso, também possibilita o deslocamento de materiais no interior da célula.

 

Entre os componentes do citoesqueleto, encontramos:

 

  • a) Microfilamentos de actina (formados pela proteína denominada actina, relacionados ao movimento celular);

 

  • b) Microtúbulos (formados pela proteína denominada tubulina, relacionados ao movimento e à manutenção da forma celular);

 

  • c) Filamentos intermediários (constituídos pela proteína queratina, relacionados à manutenção da forma da célula).

 

Quais são os movimentos citoplasmáticos?

quais são movimentos citoplasmático

É através da ação do citoesqueleto que ocorrem os movimentos citoplasmáticos. Entre eles, temos:

 

  • Movimentos ameboides: Neste movimento, surgem as extensões celulares conhecidas como pseudópodes, devido à interação de actina e miosina. 

 

Eles normalmente ocorrem em Amebas, mas podem ser realizados por leucócitos.

 

  • Ciclose: É um movimento que ocorre nas células vegetais, formando correntes circulares de citoplasma no interior das células e distribuindo as substâncias existentes dentro da célula.

 

A ciclose também acontece devido à interação de actina e miosina.

 

Exercício do Enem

 

Bora fazer um exercício super descontraído do Enem? O gabarito você encontra lá no final! 😉

 

(ENEM 2016 2ª APLICAÇÃO) 

Companheira viajante Suavemente revelada? Bem no interior de nossas células, uma clandestina e estranha alma existe. Silenciosamente, ela trama e aparece cumprindo seus afazeres domésticos cotidianos, descobrindo seu nicho especial em nossa fogosa cozinha metabólica, mantendo entropia em apuros, em ciclos variáveis noturnos e diurnos. Contudo, raramente ela nos acende, apesar de sua fornalha consumi-la. Sua origem? Microbiana, supomos. Julga-se adaptada às células eucariontes, considerando-se como escrava – uma serva a serviço de nossa verdadeira evolução. McMURRAY, W. C. The traveler.Trends in Biochemical Sciences, 1994 (adaptado). 

Só aluno Explicaê Premium tem correções ilimitadas das suas redações por menos de R$1,35 por dia.

Quero ser aluno premium

A organela celular descrita de forma poética no texto é o(a): 

 

(A) centríolo. 

(B) lisossomo. 

(C) mitocôndria. 

(D) complexo golgiense.

(E) retículo endoplasmático liso.

 

Então, eu tenho uma dica super legal. Olhe só:

 

E aí, curtiu o conteúdo, mas quer se aprofundar ainda mais? Afinal, este é um dos assuntos que mais caem no Enem!

 

Nós temos quatro aulas bem curtinhas para te salvar nesse assunto, e a primeira você confere aqui! As demais estão no nosso canal do Youtube.

 

Para assistir, é só abrir o vídeo em outra aba e conferir os vídeos a seguir. Aproveite também para se inscrever em nosso canal!

 

Se ligue na aula:

 

É isso, galera! Espero que você tenha conseguido entender um pouco mais sobre o assunto!

 

Ah, se a ideia é embalar nos estudos para o Enem, então venha estudar com a gente!

 

Utilize o cupom VIMDOBLOG e aproveite um desconto super bacana!

 

Até a próxima! 😉

 

Gabarito: C

Compartilhe esse post