Fala, galera! Hoje vamos conhecer um pouquinho mais sobre radioatividade, assunto show de bola que sempre cai no Enem!

 

Mas, se você quiser ficar ainda mais por dentro de química, recomendo você dar um pulo também no blog de Introdução à Química, com 3 partes! 😉

 

Agora, partiu aprender um pouco mais sobre esse fenômeno da química que faz com que núcleos instáveis criem estabilidade através da emissão de partículas!!

 

Pegue o caderno e venha comigo!

 

cupom desconto vimdoblog

 

O que é radioatividade?

o que é radioatvidade

De forma geral, radioatividade é a capacidade que átomos, como urânio, contêm para emitir energia espontânea em forma de partículas e ondas.

 

Por meio desse processo, eles se tornam mais leves e estáveis. Porém, fique esperte, pois nem todos os átomos emitem partículas radioativas.

 

Entre os isótopos que emitem radiação, temos o cobalto-60, urânio-238, urânio-235, césio-137, tório-232 etc.

 

Por serem fisicamente radioativos e instáveis, eles são considerados constantes e com lenta desintegração.

 

Para você entender como funciona o tempo sobre as partículas radioativas, considere:

 

  • Tempo de meia-vida ou período de semidesintegração ( ou P): É o tempo necessário para a desintegração da metade dos átomos radioativos.

 

 

  • Vida média: É a média aritmética dos tempos de vida de todos os átomos do isótopo, representado pela fórmula:  P = Vm . 0,7

 

 

Além disso, vale ressaltar que eles costumam liberar radiação (energia) por ondas eletromagnéticas, como o raio X e raios gama. 

 

Por isso, é comum que o contato de pessoas com energias radioativas desenvolva problemas como o câncer. 

 

Entre nomes importantes para ficar de olho em relação à evolução da radioatividade, temos:

 

  • Röentgen (1895): Descobriu os Raios X.
  • Becquerrel (1896): O pai da Radioatividade.
  • Casal Curie (1898): Descobriu os elementos Rádio(Ra) e Polônio(Po).

 

Quais são os tipos de radioatividade?

Quais são tipos radioatividade

Você também precisa compreender que a radioatividade é um fenômeno nuclear. Logo, não é influenciada pela temperatura, pela pressão ou pela forma como o elemento se encontra.

 

A energia radioativa se apresenta de três formas, sendo:

 

  • Alfa ( α ):Partículas positivas que contêm dois nêutrons e dois prótons com pouca penetração.

 

  • Beta ( β ): Partículas negativas que possuem a massa de um elétron, considerada massa desprezível, e com maior penetração do que os raios alfa. 

 

  • Gama ( γ ): É uma onda eletromagnética e possui um maior poder de penetração do que os raios alfa e beta. Como não possuem massa, não são partículas.

 

 

 

Entenda melhor a característica de cada uma delas:

 

 

principais características alfa

 

principais características beta

 

principais características gama

 

Como funcionam as leis da radioatividade

como funciona leis radioatividade

Para você entender melhor, existem duas leis da radioatividade que são utilizadas para explicar a emissão das partículas radioativas.

 

Elas foram desenvolvidas pelo químico inglês Frederick Soddy e por Kazimierz Fajans, um físico e químico da Polônia.

 

 

  • Primeira lei de Soddy

 

A primeira lei da gravidade, também conhecida como primeira lei de Soddy, explica que, quando um átomo radioativo emite radiação alfa, surge um novo átomo com dois prótons e dois nêutrons a menos em seu núcleo.

 

Esse fenômeno está relacionado ao que chamamos de decaimento alfa e é representado pela seguinte fórmula:

fórmula primeira lei radioatividade

 

Por exemplo, se considerar X como Plutônio 239, teremos como decaimento resultado do decaimento alfa, Y como Urânio 235. 

 

 

  • Segunda lei de Soddy

 

Já a segunda lei da gravidade está relacionada com a emissão radioativa beta.

 

Segundo ela, um átomo que emite uma partícula beta, possuindo um elétron de massa desconsiderada, mantém sua massa inalterada, enquanto aumenta uma unidade de seu número atómico.

 

A fórmula que representa a segunda lei da gravidade é:

fórmula segunda lei radioatividade

 

Utilizando a lógica da fórmula, se considerarmos X como carbono 14, ele poderá formar um nitrogênio 14, ou seja, com a mesma quantidade de massa atômica.

partículas radioatividade existentes

 

Diferença entre Fissão nuclear e Fusão Nuclear

diferença fissão fusão nuclear

Com o avanço dos estudos sobre radioatividade, foram desenvolvidas maneiras diferentes de criar uma bomba. 

 

E as duas maneiras existentes são fissão nuclear e fusão nuclear. Cada uma delas representa um formato diferente de lidar com as partículas atômicas.

 

Além disso, elas são utilizados em processos diferentes, permitindo criar formatos próprios de bombas já conhecidas.

 

Entenda melhor sobre cada uma delas:

 

  • FISSÃO NUCLEAR: É a quebra do núcleo de um átomo mais ou menos ao meio, provocada pelo bombardeamento de nêutrons, formando dois novos núcleos e liberando uma quantidade grande de energia.

 

Utilização da fissão nuclear:

  • Bomba Atômica
  • Usina Nuclear

 

  • FUSÃO NUCLEAR: É o processo inverso ao da fissão nuclear: consiste na união de dois núcleos de átomos, dando origem a outro núcleo. Esta reação se dá com uma liberação de energia ainda maior que a da fissão nuclear.

 

Utilização da fusão nuclear:

  • Bomba de Hidrogênio
  • Explosões nas estrelas (SOL)

 

Exercício para treinar!!!

 

Nada melhor que saber se já está mandando bem, né? Então, simbora!

 

Ah, o gabarito está lá no final! 😉

 

(UNITAU) Assinale a alternativa correta:

(A) Quando um átomo emite uma partícula , seu Z aumenta 2 unidades e seu A aumenta 4 unidades.

(B) Podemos classificar um elemento como radioativo quando seu isótopo menos abundante emitir radiações eletromagnéticas e partículas de seu núcleo para adquirir estabilidade.

(C)As partículas a são constituídas de 2 prótons e 2 elétrons; e as partículas , por 1 próton e 1 elétron.

(D) Quando um átomo emite uma partícula , seu Z diminui 1 unidade e seu A aumenta 1 unidade.

(E) As partículas , e são consideradas idênticas em seus núcleos e diferentes na quantidade de elétrons que possuem.

Baixe Guia do Vestibulando

 

É isso aí, galera! Espero que tenha te salvado em mais um assunto que sempre cai em Química no Enem.

 

Ah, e, caso você ainda esteja procurando um cursinho on-line para te salvar no vestibular, quero te dar uma dica que já apareceu lá em cima: assine a nossa plataforma de estudos com o cupom VIMDOBLOG e ganhe um desconto logo de cara! 

 

T SHIRT EXPLICAE

Até a próxima!! 😉

 

GABARITO: B

Comentários