Todos os anos, em tempos de vestibulares, os alunos se desesperam e ficam ansiosos quando pensam na redação. Isso acontece devido à grande importância da nota dessa competência. No Enem, por exemplo, ela tem um peso de 1000 pontos, o que influencia (e muito!) na nota final.

Muitos vestibulandos acreditam que, para fazer uma redação impecável, é preciso ter o dom da escrita. Aí está um grande erro! Nada é conquistado facilmente e aqueles que escrevem as melhores redações, com certeza, dedicaram grande parte dos seus dias estudando, pesquisando e praticando.

Há muitas técnicas que, quando seguidas, garantem uma avaliação excelente. A redação é o momento da prova em que suas competências linguísticas e sua organização serão mais avaliadas. Então, para deixar você preparado, fizemos uma lista com 10 dicas infalíveis. Confira e conquiste sua vaga na universidade.

 

Ahh, você pode acessar a plataforma do Explicaê para testar de graça por 7 dias.
E caso decida assiná-la, lembre-se de que o cupom VIMDOBLOG garante 20% de desconto em todos os planos. Basta clicar agora no botão abaixo!

cupom-desconto-20-porcento

 

 

1. Tenha o hábito de ler

Quer uma fórmula pronta para se tornar um bom escritor? Que pena, ela não existe. No entanto, algumas técnicas podem levar você a conquistar esse objetivo. Uma delas é a leitura rotineira. Ler faz você refletir, conhecer e aprender muitos vocabulários e, com isso, o indivíduo consegue enriquecer a sua escrita com o que aprendeu.

A leitura é uma necessidade para o letramento e, além de melhorar a escrita, ela proporciona o entendimento de vários assuntos desconhecidos, a possibilidade de ter contato com culturas distintas, diversão e muita informação.

Só há vantagens em ler, não é mesmo? Então, comece já!

2. Mantenha-se atualizado

Escrever uma boa redação vai exigir muito conhecimento de mundo. Para começar, você não sabe qual tema será cobrado. Então, nada melhor que estudar um pouco sobre cada assunto, certo?

Pesquise sobre as notícias mais urgentes. Leia sobre política, questões de ordem social, ciência, saúde, cultura, enfim, sobre todos os acontecimentos recentes. Estudar online é uma boa opção: utilize a tecnologia a seu favor e estude a qualquer hora e em qualquer lugar. 

Esteja preparado para escrever sobre qualquer tema!

3. Conheça a estrutura da redação e pratique

Geralmente, o texto dissertativo-argumentativo é o mais cobrado em vestibulares e no Enem. Mas, como fazer esse tipo de texto? O autor terá que, simplesmente, defender uma ideia por meio de argumentos. É um texto dissertativo, pois o objetivo está na formação de opinião do leitor e é considerado argumentativo devido à persuasão.

Para entender e adequar a escrita a esse tipo de gênero textual, nada mais eficaz que a prática, concorda? Escreva, reescreva e corrija várias vezes. Se possível, peça alguém para fazer a correção. À medida que a releitura é feita, os erros de pontuação, de ortografia e de acentuação vão aparecendo.

4. Organize bem o texto

Lembre-se que o texto, para ser desenvolvido de maneira satisfatória, precisa ter pelo menos 4 parágrafos, divididos em introdução, desenvolvimento e conclusão. Para isso, inicie o texto apresentando o tema e fazendo um recorte. Mostre sua linha de raciocínio e tente convencer o leitor sobre o que está defendendo, ok?

Em seguida, desenvolva o assunto, apresentando ideias e argumentos. Essa parte do texto é muito importante, pois é nela que o leitor vai compreender o seu ponto de vista. Uma dica é separar um parágrafo para cada argumento, assim o texto fica bem dividido, facilitando o entendimento.

Por fim, encerre o debate, retomando todas as ideias ditas anteriormente para garantir coesão no texto.

5. Garanta objetividade e clareza

Vá direto ao ponto. Não faça rodeios. Objetividade e clareza são palavras de ordem!

Períodos longos e informações desnecessárias devem ser evitados para não deixar o texto cansativo e sem conteúdo relevante. Opte por expressar os conteúdos utilizando o mínimo de palavras possíveis. Falar demais sobre um mesmo assunto para aumentar a quantidade de linhas só vai servir para uma coisa: empobrecer a sua redação!

Seja claro ao defender uma tese, pois o seu leitor não é obrigado a ter que desvendar o segredo do que foi dito. Fazer-se entender é essencial em uma redação!

6. Seja cuidadoso com a língua portuguesa

A língua portuguesa precisa de um cuidado muito especial na hora de escrever uma boa redação.

Uma das 5 competências na correção do Enem é demonstrar domínio da norma culta da língua escrita, portanto, dê uma atenção privilegiada às regras gramaticais, saiba a diferença entre linguagem oral e escrita, conheça a ortografia das palavras, o emprego adequado das expressões, etc.

Atente-se à coesão e coerência. São fundamentais na escrita de um texto. A coerência trata-se do sentido das ideias, basta seguir uma linha de raciocínio e garantir um bom entendimento do assunto. Já o texto coeso é aquele que tem todas as partes conectadas harmoniosamente, então, use e abuse dos mecanismos de coesão.

7. Tenha bons argumentos

O vestibulando precisará selecionar argumentos claros que defendam a tese e que não permitam que ideias secundárias apareçam. O leitor precisa entender bem o que está sendo dito e defendido. Uma dica é anotar as suas ideias em um rascunho e escolher as que são pertinentes.

Muitos argumentos virão à cabeça e se você não anotar rapidamente, poderá esquecê-las. Por isso, é importante anotar a forma como elas aparecem e só depois organizar como serão elaboradas.

8. Não se esqueça da proposta de solução

Essa é a competência 5 da correção do Enem, logo, é importante e necessária. Na redação você discorrerá sobre um tema (que também representa um problema a ser solucionado), então, deixar de citar uma proposta para resolvê-lo é como se não estivesse terminado o texto.

Deixe claro a sua posição sobre o assunto, não se esqueça de ser imparcial e de valorizar as diferenças sociais e culturais. Pense em intervenções que resolvam o problema a longo prazo e imediatamente.

9. Tenha cuidado para não fugir do tema 

Fuga ao tema é nota zero. É evidente que um dos seus desejos é não ser desclassificado no vestibular, não é mesmo? Então, evite fugir do tema.

É bem mais complicado escrever sobre um assunto que não foi pedido, mas acontece e acredite: é bem comum! Preste bem atenção ao tema e leia várias vezes, pois uma leitura atenta evita erros como esse.

10. Revise seu texto

Revisar é a penúltima etapa, a última é passar a limpo. Leia sua redação, releia e analise se há coerência, coesão, objetividade, clareza, erros ortográficos, enfim, verifique se o texto está bem escrito e se faz conexão direta com o tema proposto.

Após ter feito uma revisão cuidadosa, é hora de passar a limpo! Escreva com letra legível e tenha cuidado para não rasurar a prova. Fazer uma redação exige muito cuidado e atenção!

Ah! Cuidado com a vírgula, ela pode mudar todo o sentido do que está sendo dito, ok?

Atente-se às dicas, tenha dedicação aos estudos e compromisso. Coloque metas e tenha um cronograma de estudo. Boa sorte!

Gostou deste post sobre dicas para fazer uma boa redação? Então siga as nossas páginas nas redes sociais para acompanhar as atualizações: estamos no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube!

 

Ah, saiba que, com o cupom VIMDOBLOG, você garante 20% off em todos os planos do Explicaê. Assine agora clicando no botão abaixo!

cupom-desconto-20-porcento

 

 

 

Comentários