Política é tudo que está em nossa volta: os meios de transporte, as casas, os hospitais as empresas, os alimentos, os objetos, dinheiro, TUDO! Por isso não existe isso de “não gosto de política, então vou nem me envolver”. Eu sei que política é um assunto chato e difícil, mas é assim porque as pessoas que estão no poder não querem que a gente goste de política, porque aí não ficamos sabendo das coisas erradas que eles fazem e assim eles continuam no poder, eleição após eleição. Triste, but true.

Garota em Dúvida

Vamos falar então da maneira básica de exercer nossa cidadania: o voto. Por que é importante votar? Eu não só posso como vou listar os motivos mais óbvios:

  • A votação é uma parte importante do processo democrático.
  • Já houve um tempo (muito tempo) que muitos grupos foram excluídos do direito de voto em vários níveis.
  • Muitas sociedades no passado, negaram a pessoas o direito de votar baseadas no grupo étnico.
  • Se você for mulher, vote por apoio à luta feminina pelo direito de votar.
  • Você é um cidadão brasileiro.
  • O voto não é somente uma obrigação é, principalmente, um direito conquistado com muitas lutas. 
  • O voto é uma força que pode mudar o destino político de um povo.
  • Você tem o direito de escolher quem vai representar seus ideais, use-o.

Bom, amanhã iremos escolher as pessoas que vão nos representar nos próximas 4 anos. Parece uma grande responsabilidade, né? Não só parece como é! Por isso que seu voto é tão importante! Além de ser um ato de cidadania, votar te permite escolher quais representantes e governantes você acha que vai melhorar tanto a sua qualidade de vida como das pessoas ao seu redor. Mas sabe o que importa também? Que seu voto seja consciente. Antes de pensar no bem próprio, o eleitor deve pensar na comunidade como um todo.

Nessas eleições pergunte-se: O que as pessoas ao meu redor querem? O que eu acredito que elas precisam? Acompanhe noticiários, debates e notícias com atenção e critério pra ficar por dentro do que seu candidato anda fazendo de relevante. Se você perceber que seu candidato da eleição passada fez um bom trabalho e não se envolveu com as coisas erradas que estamos cansados de ver, vale a pena repetir seu voto. Cobrar por melhorias e trabalho é um direito que todos nós temos dentro de um sistema democrático (que, graças a muita luta, ainda é o caso do Brasil).

Não sabe em quem votar? Procure, em fontes confiáveis, o discurso e os valores que seu candidato defende, se ele ficou rico com política, se tem “ficha suja”, quem banca a campanha dele etc. Eu sei que com o ENEM quase chegando, fica difícil se dedicar nas pesquisas sobre em quem votar. Mas ó, hoje em dia, existem vários apps e sites que ajudam a gente nessa missão de achar candidatos que realmente representem nossos ideais. Se informe, pesquise, aprenda e faça essa escolha com carinho. Vou deixar alguns links aqui.

Esses links eu peguei no canal da youtuber Jout Jout. Ela fez uma série lá falando de um jeito super simples e divertido sobre política. Vou deixar o link aqui também, porque vale muito a pena ver!  Canal da JoutJout

JoutJout Arrasando

Mas se seu caso for: “Nenhum desses candidatos me presenta, então vou votar nulo ou branco ou nem vou votar. ” Nessa frase mora um problemão! Deixa eu te explicar o porquê. Votar em branco ou anular o voto é calar-se diante dos absurdos que vemos todos os dias o tempo todo. A gente não pode lavar as mãos para toda essa corrupção e falcatruas que estão rolando há muuuuitos anos, né? Temos o poder de decisão nas nossas mãos. Vamos usar com consciência, por favor!

Ei, mas lembre-se de uma coisa! Depois das eleições nosso papel de cidadão não acaba. É importante que a gente acompanhe o mandato das pessoas que elegemos, assim podemos cobrar tudo aquilo que foi prometido nas campanhas políticas e não ser enrolado pelos engravatados.

É verdade aquilo que os adultos dizem sobre os jovens: vocês são o futuro do país! Agora é com vocês! Beijinhos ;**

Comentários