Fala, queride! Assunto quentinho sobre o estudo de literatura do Enem saindo do forno! haahah

 

Hoje, vamos voltar um pouco no tempo, mas nem tanto, porque, se estamos falando de produção republicana, isso nos remete ao início do século XX até os dias atuais.

 

Afinal, para você já se situar, as produções republicanas dizem respeito ao Pré-modernismo, ao Modernismo e ao Pós-modernismo.

 

Inclusive, saiba que o Modernismo é um dos principais assuntos que mais caem no Enem.

 

Para te ajudar, a gente tem um blog só sobre modernismo, com um resumo e um mapa mental show de bola!

 

Agora, partiu entender um pouco as produções republicanas?

 

O que é Pré-modernismo?

O que é Pré-modernismo

 

O Pré-modernismo é a primeira vertente literária da República, dando suas caras em torno de 1900 e encerrando em 1922, com o surgimento da Semana da Arte Moderna.

 

Vale ressaltar que ele não é considerado uma escola literária brasileira, isso porque não possui uma vertente específica.

 

Na realidade, o Pré-modernismo é considerado um período de transição, em que prevalece a preocupação em entender a realidade social brasileira. 

 

A partir desse contexto, desenvolve-se o regionalismo, que aparece no século XIX, com José de Alencar, Franklin Távora e Bernardo Guimarães.

 

Entre as características das obras desses autores, temos uma descrição pitoresca dos costumes do interior.

 

Além disso, surgem grandes nomes como João Simões Lopes Neto, Valdomiro Silveira e Afonso Arinos.

 

Porém, se queremos falar sobre destaque, então temos Monteiro Lobato, conhecido por histórias infantis, como o Sítio do Pica-pau Amarelo.

 

Outras obras do autor que você precisa ficar de olho são: Urupês e Cidades Mortas, contos relacionados ao cotidiano caipira.

 

Entre outros autores, temos Lima Barreto e seus romances sobre o subúrbio carioca, Euclides da Cunha com a obra Os Sertões, e Augusto dos Anjos trazendo o universo poético com a sua obra “Eu”. 

 

Principais Características do Pré-modernismo

 

  • Não constitui escola literária;
  • Fase de transição e sincretismo;
  • Denúncia da realidade brasileira;
  • Regionalismo;
  • Caráter documental;
  • Linguagem conservadora.

 

Entendendo o Modernismo

entendendo o modernismo

 

Como eu já disse, Modernismo é um assunto que você realmente precisa ficar de olho para o Enem, mas não tem muito segredo.

 

O Modernismo inicia com a Semana da Arte Moderna, no ano de 1922, realizado no Teatro Municipal de São Paulo.

 

Portanto, é considerado um movimento literário que sofre grande influência das vanguardas europeias, o qual promoveu uma revolução estética na forma de escrever, inclusive com o verso livre.

 

Além disso, o Modernismo incorporou a poética do cotidiano, utilizando uma linguagem telegráfica, fragmentada, com elementos extraídos da oralidade e do coloquialismo.

 

Entre os principais expoentes, temos Mário de Andrade, Oswaldo de Andrade e Manuel Bandeira.

 

Além desses, há outros destaques, como os escritores Menotti del Picchia e Cassiano Ricardo (do grupo Verde-Amarelo), Raul Bopp e Alcântara Machado.

 

Vale ressaltar que o Modernismo se divide em três fases.

 

  • 1ª Fase do Modernismo – geração de 22

 Busca um compromisso mais sólido dos artistas com a renovação estética e tem como intuito chocar. 

 

  • 2ª Fase do Modernismo – geração de 30:

Os ideais difundidos na fase anterior se espalham e redefinem a linguagem artística, unindo-se os interesses pelas temáticas nacionalistas. 

 

  • 3ª Fase do Modernismo – geração de 45:

Continua a sequência das tendências da segunda fase da prosa urbana, intimista e regionalista. Agora com uma renovação formal.

 

Lembre-se de abrir o blog “Mapa Mental e um resumão sobre Modernismo”, para entender ainda mais sobre este assunto! 😉 

 

Outro ponto que você precisa se ligar é que a terceira fase do modernismo também é chamada de Pós-modernismo. 

 

Vale ressaltar que esse é um período com maior abrangência de estilos, no qual podemos encontrar desde uma poesia desconstruída até a música popular brasileira.

 

Temos grandes nomes em destaque na prosa e na poesia, como Guimarães Rosa e Clarice Lispector.

 

Tendências Contemporâneas na Literatura

Tendências Contemporâneas na Literatura

Ainda não se sabe ao certo qual nome daremos ao momento literário que estamos vivendo, porém, alguns estudiosos já utilizam o termo tendências contemporâneas para descrevê-lo.

 

Iniciado no final do século XX até os dias atuais, ele também engloba diversas tendências literárias, reunindo características das escolas anteriores e inovando na prosa e na poesia.

 

Neste período se perde um pouco a busca pela identidade, e as obras se situam num ambiente mais subjetivo que se relaciona com a crise existencial do homem pós-moderno.

 

Além disso, entre grandes movimentos que o influenciam, temos o concretismo, o neoconcretismo, a poesia marginal, poema processo e a poesia-praxes.

 

Entre alguns escritores influentes nas tendências contemporâneas, temos Ariano Suassuna, autor de o “Auto da Compadecida”.

 

Além dele, também temos Ferreira Gullar, que, ainda em 2010, lançou seu livro “”Em alguma parte alguma”, e muitos outros que possuem destaque desde a terceira fase do Modernismo.

 

Principais características das tendências contemporâneas

 

  • Mistura das tendências estéticas;
  • Temas mais cotidianos e urbanos;
  • Maior engajamento social e literatura marginal;
  • Experimentalismo formal;
  • Inclui técnicas inovadoras, como recursos gráficos;
  • Metalinguagem e Intertextualidade.

 

Só para não nos perdermos, é possível que, ainda na tendência contemporânea, estejamos mesclando os aspectos da terceira fase do Modernismo, até porque, no fundo, em que momento estamos, só saberemos no futuro.  

 

Mas quem sabe daqui uns 20 ou 30 anos! 😉

 

É isso aí, pessoal, espero que você tenha gostado desse assunto.

 

Alías, o Enem já chegou e é muito importante se debruçar um pouco em literatura para ganhar aqueles pontinhos necessários para a aprovação.

 

Portanto, caso queira uma força e um incentivo, utilize o cupom de desconto VIMDOBLOG e venha estudar no melhor cursinho pré-vestibular do Brasil.

 

Então, vou ficar te esperando.

 

Até a próxima! 😉

 

Comentários